“Não se julgue, dentro da vida, como alguém que nunca prestará contas dos atos mais íntimos.
Tudo o que praticamos, Dirceu, permanece gravado no livro da consciência. O bem é a sementeira da luz, portadora de colheitas sublimes de alegria e paz, enquanto que o mal nos enegrece o espírito, como tinta escura que mancha os alvos cadernos escolares."

Mensagem do pequeno morto — Carlos por Neio Lúcio

terça-feira, 3 de outubro de 2017

UMA PRECE AO MELHOR DO TEU SER.

(Com Alma Celta em Coração de Menino)

Que as dores do teu passado sejam transformadas em pura Luz.
Que a tua aura** tenha as cores do arco-íris.
Que tu não te esqueças da tua origem espiritual.
Que as lindas canções continuem te encantando.
Que tu nunca desistas de melhorar a cada dia…
Que tu honres tua passagem pela Terra.
Que tu tenhas grande respeito pelos idosos.
Que em toda criança, tu vejas o selo do Eterno.
Que teus braços fortes levantem os mais fracos.
Que tu esclareças aos que sabem menos, com respeito.
Que tuas mãos sejam de Luz e teus passes sejam radiantes.
Que tu nunca permitas que roubem a espiritualidade de teu Ser.
Que tu nunca te afastes do Círculo da Luz.
Que tu olhes para as montanhas com admiração.
Que o momento da aurora seja mágico para ti e o crepúsculo também.
Que tu saibas tirar grandes lições das provas da vida.
Que o Amor seja teu guia, mesmo que ninguém entenda os motivos.
Que os espíritos luminosos te protejam e que tu os respeite.
Que todo dia seja de recomeço e que tu agradeças a Presença.
Que tu vejas grandes maravilhas nas pequenas coisas da vida.
Que tu ores pelos que partiram para as estrelas…
Que tu respires com todos os bebês que respiram pela primeira vez.
Que tu reverencies os teus pais e avós por terem te trazido à Terra.
Que tu orientes os teus filhos na senda da Luz e do Bem.
Que tu sejas fiel aos teus amigos físicos e extrafísicos.
Que, durante o sono do teu corpo, tu continues viajando espiritualmente***…
Que a Presença**** abençoe a tua jornada, hoje e sempre.

P.S.:
Que esses escritos digam algo ao teu coração.
Que nada te separe do Amor da Presença.
Que o teu caminho espiritual não agrida o caminho dos outros.
Que tu tenhas discernimento em cada escolha.
Que os espíritos das brumas te inspirem.
Que tu estejas protegido no Círculo da Luz.
Que a alma celta permeie essas linhas…
(Ah, que o teu coração reconheça algo, em Espírito e Verdade.)
(Dedicado aos guardiões espirituais que operam na atmosfera extrafísica dos ensinamentos celtas e que, de vez em quando, sussurram algumas coisas ao meu coração, sempre de forma lúdica e serena… sempre em Nome da Presença.)

Paz e Luz.

– Wagner Borges – mestre de nada e discípulo de coisa alguma.
São Paulo, 27 de setembro de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário