“Não se julgue, dentro da vida, como alguém que nunca prestará contas dos atos mais íntimos.
Tudo o que praticamos, Dirceu, permanece gravado no livro da consciência. O bem é a sementeira da luz, portadora de colheitas sublimes de alegria e paz, enquanto que o mal nos enegrece o espírito, como tinta escura que mancha os alvos cadernos escolares."

Mensagem do pequeno morto — Carlos por Neio Lúcio

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Oração a um guia espiritual

Meu amigo de outras jornadas, agradeço-te a energia de amor a qual me envolves cada vez que penso em ti.
Agradeço-te a paciência com que aguardas o momento certo para chegar mais perto e dizer: “Filha, eu estou aqui.”
Agradeço-te meu amigo, por não ter desistido de me acompanhar por tanto tempo. Por me ensinar a construir pontes para minha evolução, com as pedras que eu mesma coloquei em meu caminho.
Agradeço-te minha luz interna, que brilha mesmo quando estou com as portas e as janelas da alma fechadas.
Agradeço-te por me mostrar a cada dia que posso ser como a borboleta a beijar as flores de teu jardim, caso eu me permita, lagarta que sou, passar pela metamorfose do casulo.
Agradeço-te amigo querido, por me fazer entender que o karma é uma lei imutável a que todos nós estamos sujeitos. Colhemos o que plantamos. Somos os únicos responsáveis por nossas escolhas.
Agradeço-te, minha Grande Águia Branca, por desceres das alturas de tua morada, simplesmente para me ensinar o que significa AMAR. Simplesmente para me cobrir com tuas enormes asas e na maioria das vezes, para me proteger de mim mesma.
Agradeço-te, guia do meu caminho espiritual, por tua presença eterna, por teu amor incondicional.
Agradeço-te, fonte de conhecimento e sabedoria que me ajuda a corrigir minhas dificuldades interiores.
Agradeço-te, parte integrante do meu caminho rumo à evolução espiritual.
Agradeço-te, velho amigo por sussurrar em meus ouvidos uma linda melodia cuja letra diz que as experiências as quais passo neste planeta Terra são de fato predestinadas, em função da minha conduta passada. Entretanto, continua ainda, sob a minha responsabilidade cumprir ou não, adquirir créditos ou mais débitos. E seja qual for a minha escolha, ainda assim, tu não desistirás de mim, intuindo-me sobre a melhor escolha, o melhor caminho para a minha evolução.
Agradeço-te, meu eterno amigo, por estares aqui, ainda que na maioria das vezes eu não seja um canal perfeito aos teus ensinamentos e ao teu AMOR.
Tua benção e tua proteção eterna.
Fonte: Estudos Espiritas

Nenhum comentário:

Postar um comentário