“Não se julgue, dentro da vida, como alguém que nunca prestará contas dos atos mais íntimos.
Tudo o que praticamos, Dirceu, permanece gravado no livro da consciência. O bem é a sementeira da luz, portadora de colheitas sublimes de alegria e paz, enquanto que o mal nos enegrece o espírito, como tinta escura que mancha os alvos cadernos escolares."

Mensagem do pequeno morto — Carlos por Neio Lúcio

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Prece pelo Espírito Obsessor

Deus infinitamente bom, eu imploro vossa misericórdia para o Espírito que obsedia (…), fazei-lhe entrever as divinas luzes, a fim de que veja o falso caminho que está trilhando. Bons Espíritos, ajudai-me a fazê-lo compreender que tem tudo a perder ao fazer o mal, e tudo a ganhar ao fazer o bem.

Espírito que vos satisfazeis em atormentar (…), escutai-me, pois eu vos falo em nome de Deus.

Se quiserdes refletir, compreendereis que o mal não pode se impor sobre o bem, e que não podeis ser mais forte do que Deus e os bons Espíritos.

Eles poderiam preservar (…) de todo golpe de vossa parte; se não o fizeram, foi porque tinha uma prova a suportar. Mas quando essa prova tiver acabado, vos tirarão toda ação sobre ele; o mal que lhe fizestes, ao invés de prejudicá-lo, servirá para o seu adiantamento, e com isso somente será mais feliz; assim, vossa maldade terá sido em vão, e se voltará contra vós.

Deus, que é Todo-Poderoso, e os Espíritos superiores, seus mensageiros, que são mais poderosos do que vós, poderão, pois, colocar fim a essa obsessão quando o quiserem, e vossa insistência se quebrará diante dessa suprema autoridade. Mas porque Deus é bom, quer vos deixar o mérito de cessá-la por vossa própria vontade. É uma oportunidade que vos é concedida; se não a aproveitardes, sofrereis as suas dolorosas consequencias; grandes castigos e cruéis sofrimentos vos esperam; sereis forçados a implorar sua piedade e as preces da vossa vítima, que já vos perdoou e ora por vós, o que é um grande mérito aos olhos de Deus e apressará a libertação dela.

Refleti, enquanto ainda há tempo, visto que a justiça de Deus se abaterá sobre vós como todos os Espíritos rebeldes. Pensai que o mal que fazeis neste momento terá forçosamente um fim, enquanto, se persistirdes em vossa teimosia, vossos sofrimentos aumentarão sem cessar.

Quando estivestes na Terra, não tereis achado absurdo sacrificar um grande bem por uma pequena satisfação momentânea? Ocorre o mesmo agora que sois Espírito. Que ganhais com o que fazeis? O triste prazer de atormentar alguém, o que não vos impede de ser infeliz, e que, por mais que afirmes o contrário, vos tornará mais infeliz ainda.

Ao lado disso, vede o que perdeis: olhai os bons Espíritos que o rodeiam, e vede se sua sorte não é preferível à vossa? A felicidade de que desfrutam será também vossa quando o quiserdes. O que é preciso para isso? implorar a Deus, e fazer o bemao invés de fazer o mal. Sei que não podeis vos transformar de repente; mas Deus não pede o impossível; o que Ele quer é a boa vontade. Tentai, e nós vos ajudaremos. Fazei com que logo possamos dizer em vosso favor a prece pelos Espíritos arrependidos e não mais vos colocar na categoria dos maus Espíritos, ao esperar que possais estar entre os bons.

Nenhum comentário:

Postar um comentário